quarta-feira, 10 de março de 2010

Meningite de repetição com fístula liquórica


Esta semana recebemos no hospital um caso de meningite de repetição com fístula liquórica traumática. Por não ser uma patologia tão comum resolvi relata o caso para contribuir com a formação dos leitores. Em outra postagem relatei algumas sequelas da meningite bacteriana quando diagnosticada tardiamente, e o trabalho do neuropsicólogo além de avaliar a gravidade das sequelas cognitivas tem por função realizar o trabalho de estimulação, juntamente com outros profissionais (TO, fonoaudiólogo, fisioterapeuta e outros), na busca de recuperar, totalmente ou parcialmente, as funções prejudicadas.
O caso em questão é de um menino de nove anos de idade que desenvolveu a quarta meningite bacteriana, foi então solicitado uma RM para confirmar a presença da fístula uma vez que o paciente tem históricos de traumas causados por quedas. Uma fístula é uma ligação ou passagem anormal entre um órgão e o meio externo e /ou dois órgãos entre si que normalmente não se conectam, no caso da fistula liquórica ocorre um fluxo anormal do líquor decorrente de uma lesão aracnóide, dura-mater, osso ou na mucosa. As fístulas liquóricas podem ser classificadas como traumáticas e não-traumáticas. As de origem traumática, grande parte são decorrente de acidentes automobilísticos, quedas, violência e, em menor proporção, pós-cirúrgicas. Cerca de 20% dos pacientes com fístulas desenvolvem meningites.
Está aí...precisamos ficar atentos aos sintomas da meningite após as quedas. Os principais sintomas são febre alta, dor da cabeça e rigidez na nuca.

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. olá amigo, minha mãe está com uma fistula não trumatica, e deu menigite 2 veses, os medicos do hospital de base aki em brasilia parecem não saber o procedimento ideal a fazer, pois tem 30 dias que ela está lá e não foi feito nada ainda. por favor se tiver aguma sugestão me fale pra eu poder dizer a eles. iltoncosta@gmail.com. obrigado

    ResponderExcluir
  3. Tinha um tumor pólipo e uma fístula o médico em Salvador ficou em duvida se era meningocele, resumindo ele tirou o tumor e a fístula continua. Será que foi mesmo pólipo e com a cirurgia de correção de fístula poderei levar uma vida normal.Só não tive meningite e estou vacinada.Já fiz exame do líquor e está certo que é mesmo uma fístula, me dê alguma idéia do que pode ser tudo isso.Neuza_lopes@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. OI EU TIVE 8 MINIGITES DEVIDO A FISTULAS, FIZ UMA CORREÇÃO AS 14ANOS PORÉM ESTOU COM NOVAS FISTULAS EM LUGARES DE DIFICIL ACESSO. GOSTARIA DE SABER QUAIS SÃO OS RISCOS DE DEIXAR A CIRURGIA PARA DEPOIS POIS TENHO MEDO DAS SEQUELAS
    VERONICATROVAO@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  5. Estive lendo seu artigo na Internet, e gostaria de expor meu caso afim de obter uma resposta ou indicação de como deva proceder e se realmente devo ficar desesperado como estou, ou se o caso é de simples solução.

    Em Julho do ano de 2005 comecei a apresentar uma saída de líquido pela narina ( Líquido incolor como água, sem sabor, sem odor ) que saia quando abaixava a cabeça, na época procurei um Otorrinolaringologista o qual suspeitou de fístula liquorica sendo pedido uma tomografia e também efetuada um endoscopia nasal.
    Foram efetuados os exames e nada de anormal fora constatado nos mesmos, fui medicado com medicamentos para sinusite ( Antibióticos e corticoides ), e sintomas com o passar de algum tempo sumiram.

    Em Setembro do ano de 2006 novamente os mesmos sintomas voltaram, porém com menor intensidade de saída do líquido, procurei outro Otorrinolaringologista que pediu novamente outra tomografia e também um raio x da face, ambos os exames também deram " Negativo " para a localização de Fistula, fui medicado com antibiotico para sinusite novamente e também após um período os sintomas sumiram.

    Agora em 2010 ou seja 05 anos após a primeira manifestação a cerca de 03 meses os sintomas voltaram ou seja está novamente saindo o líquido pela narina ao abaixar a cabeça, sendo com ou ser esforço físico como andei lendo em alguns arquivos na internet.
    O líquido é incolor, inodoro, e sem sabor, a principio não dei importância afinal foram 02 tomografias efetuadas em 2006 e 2005 e nada foi constatado, além disso os sintomas cessaram após os tratamentos com medicamentos, porém minha curiosidade me fez buscar na internet uma literatura para o quadro de fistula liquorica e realmente meus sintomas tem tudo a ver com a mesma.

    No momento estou ainda no período de carência de meu plano de saúde e estou literalmente desesperado com tudo que andei lendo na internet, portanto caso ainda seja este seu email de contatopeço que por favor me explique o que pode estar acontecendo comigo pois sou reconhecidamente hipocondriaco, tenho depressão e tomo medicamentos como effexor e também rivotril e qualquer quadro clinico "suspeito" me leva de certo ponto a um desespero e pânico muita das vezes desnecessário.

    Aguardo retorno e também uma orientação baseada no meu relato e também em sua experiência.

    Desde já o meu muito Obrigado,

    Atenciosamente.

    Alexandre Wagner Silva Vieira.
    alexandre070669@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. ola, minha irmã mais velha estarve ja a muito tempo sentido dor de cabeça e procurava os medicos e eles diaguinosticarão que ela tinha sinuziti tomava mediamento e tbm estava com escorrimento de um liquido branco pelo naris, essa semana fomos para uma clinica em fortaleza para um otorrino, ele disse que era fistola licorica, hoje ela esta enternada no HGF - HOSPITAL GERAL DE FORTALEZA- para uma cirurgia. gostaria que me ajudasse me informando alguma coisa arrespeito dessa doença, algum site coomo fica sendo a recuperação e a gravidade dessa doença. por favor me envie alguma aljuda pois assim estaremos ajudando outras pessoas.
    grato
    JPÃO PAULO CESÁRIO
    PEDRA BRANCA CE
    email jpcesario1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Ola,minha mâe tem fistula liquorica nâo traumatica,ha um ano e meio e nenhum medico encontrava,ela foi descobri que tinha a uns meses,e ela de um mes pra ca esta tendo fortes dores de cabeca, febre entre 38 e 39,e dores na nuca e na frente da cabeca perto das fontes,queria saber se pode ser inicio de mingite? Aguardo retorno obrigado Elizangela costa/sao paulo sp email eliloirinha_963@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. O QUE É FÍSTULA LIQUORICA?
    MARIA

    ResponderExcluir
  9. olá minha filha de 15 anos teve sua 3 meningite bacteriana, no momento se encontra internada tomando medicamentos para a meningite e foi descoberto essa semana a fistula liquorica os medicos estão querendo operar gostaria de saber se essa cirurgia é perigosa pos ela já tem problemas causados por uma paralisia cerebral ao nascer é feita como essa cirurgia??obrigado pela atrnção meu email é rdgdecorações@terra.com.br por favor se saberem pra me dizer como é essa cirurgia ou alguem que já fez entra em contato comigo por esse email ficarei muito agradecida obrigado Daiane Veiga

    ResponderExcluir
  10. Sou acromegálica e após a cirurgia para a remoção do adenoma de hipófise, ainda fiz mais duas cirurgias para correção de fístula liquórica.
    Voltei a perder líquor pelo nariz novamente e já tive meningite. Fiquei internada durante 20 dias tomando fortes antibióticos para controle da doença.
    Fiz radiocirurgia também (GAMMA-KNIFE).
    Se desejar, entre em contato comigo. Tenho um blog bem variado onde falo sobre acromegalia e outros causos: acromegalicasp.blogspot.com
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina Soares, estou afastada do trabalho há 19 meses... Fistúla liquórica após uma queda... Fiz duas cirurgias com otorrino, porém sem sucesso... Uma dor insuportável no lado esquerdo e a saída contínua do líquido salgado, inodoro e transparente. Já fiz 04 vezes o exame para meningite, negativo, porém dores contínuas e agora foi sugerido uma outra cirurgia intracraniana por um neurologista que está acompanhando o caso desde o início, juntamento com o Otorrino. Já consultei outros profissionais e todos dizem a mesma coisa, mas o convênio ainda não liberou cirurgia... E o perito do INSS diz que não vai renovar meu afastamento para que eu continue esperando cirurgia, que posso voltar ao trabalho e me afastar somente quando for liberada. Onde busco ajuda para solucionar isso? Como posso voltar ao trabalho com esses sintomas: Dor insuportável na fronte e lado esquerdo da cabeça, perda de memória, vertigem, líquido abundante saindo da narina esquerda o que causa um desconforto/aumento ainda maior se estiver em movimento.

      Excluir
  11. Olá!por causa de um tumor benigno(hemagioma eptelióide)sofri 06 intervenções cirúgicas e não tenho o osso temporal direito e sempre tenho uma inflamação acima da orelha,onde abre-se um peq. furo de onde saí um líquido;quais riscos corro quando estou com isso aberto?

    ResponderExcluir
  12. Ola...por gentileza...eu e minha familia sofremos muito devido meu irmao srr diagnosticado com fistula liquorica a qual ja fez duas cirurgias com otorrinolaringologista e novamente esta com ela aberta...peço sua ajuda pois estamos todos deaesperados poi o otorrinolaringologista disse que nao tem jeito e me irmão sofre demais com os efeitos colaterais

    ResponderExcluir

Participe! Deixe seu comentário.